CPK


CPK

Para cristalização contínua de materiais amorfos tais como o PET e o PLA.

O tema da reciclagem ganha cada vez importância devido aos custos e à eficácia. Para evitar a aglomeração do material reciclado PET durante a secagem até 180 °C, são utilizados cristalizadores da série CPK e KT antes do processo de secagem.

Os funis do mecanismo de mistura estão equipados com um motor de acionamento de alto desempenho. Nos funis, o material amorfo é mantido em movimento sob a influência de temperatura até que o processo de cristalização esteja concluído e seja possível continuar o processamento sem qualquer preocupação.

Informação adicional do produto
Processo de cristalização otimizado
Qualidade de secagem constante
Gestão de energia com potência otimizada
Design modular
É possível remover peças do cone do funil
Braços de mistura especialmente resistentes e estatores com proteção do mecanismo de mistura.
Geometria do funil
Design do funil
PLC
Processo de cristalização otimizado Tecnologia de cristalização inovadora e eficaz, que permite reduzir custos.

Na cristalização em circuito aberto, é possível diminuir a degradação hidrolítica. Outra vantagem é o facto de o material já ser alvo de pré-secagem. É possível aplicar um permutador térmico opcional, o que permite uma poupança de energia considerável.

Qualidade de secagem constante Garante a qualidade do material.

Se a temperatura do ar evacuado ficar abaixo do mínimo devido a um débito de material excessivo, a saída de material é limitada para manter sempre constante a qualidade de secagem ideal.

Gestão de energia com potência otimizada Poupa energia.

A regulação do fluxo do ar com um ventilador controlado por conversor de frequência permite uma poupança de energia significativa.

Design modular As dimensões certas para o seu débito de material.

Vários tamanhos diferentes de módulos permitem um dimensionamento perfeito consoante os débitos de material exigidos.

É possível remover peças do cone do funil Acesso fácil e limpeza rápida.

É possível remover a parte inferior do cone. Isso garante um acesso desimpedido à área inferior do funil. Além disso, o funil também está equipado com uma porta de limpeza de grandes dimensões e com um indicador de nível. Estes são adaptados ao formato do funil para otimizar o fluxo de material e facilitar a limpeza.

Braços de mistura especialmente resistentes e estatores com proteção do mecanismo de mistura. Concebidos para fiabilidade e durabilidade.

Os braços de mistura reforçados e os estatores foram concebidos para conseguir suportar as grandes resistências que se podem verificar durante a cristalização. Porém, se as forças forem demasiado elevadas, o motor desliga-se automaticamente para fins de proteção.

Geometria do funil Importante para a cristalização correta do material.

A relação entre a altura e o diâmetro de um funil seco é decisiva para o fluxo do material através do funil. Um fluxo de massa incorreto pode provocar zonas «mortas», nas quais o material é seco em excesso ou passa demasiado rapidamente pelo centro do funil. Isso faz com que o material () não fique suficientemente seco. As dimensões ideais do funil seco cilíndrico são obtidas com base em cálculos e testes práticos (), através dos quais é possível garantir que chega material corretamente seco à sua máquina de processamento.

Design do funil Concebido para fiabilidade e durabilidade.

Como padrão, todos os funis cristalizadores são fabricados em aço inoxidável, completamente isolados e montados em suportes estáveis. Os relés semicondutores duráveis permitem um contacto reduzido com a temperatura, o que evita danos térmicos, sobretudo em materiais sensíveis.

PLC O PLC mais moderno com programa de arranque automático

O PLC permite uma operação intuitiva através de um ecrã a cores. Oferece ainda um programa de arranque automático para material amorfo, meios auxiliares abrangentes para o controlo dos procedimentos e processos e funções de assistência alargadas.